Teste Teste Teste Teste

BANNER 728X90

Maldição Hereditária: Verdades e mitos.


Maldição hereditária

“Visito a iniquidade dos pais nos filhos (Ex.20.5,6)”

     Muitos textos são usados para defender essa doutrina, tais como: Levíticos 26.39; Números 14,18; 23.8; Deuteronômio 30.19; Efésios 4.27; 5.15-16. O mais enfatizado, porém, é a referencia em estudo.

RESPOSTA APOLOGÉTICA: O texto em pauta está relacionado à nação de israel e à idolatria. Nada diz a respeito de “espíritos” do alcoolismo, do adultério, da pornografia, etc. O ensino de todas as passagens supracitadas é o que o pecado tem efeitos ou consequências funestos, não apenas para quem o pratica, mas também para os outros, os filhos uqe pecam pelo exemplo dos pais demonstram que não amam a Deus, Mas o Senhor Deus, de forma alguma, irá amaldiçoar os filhos dos idólatras simplesmente por serem seus filhos, mas por se tornarem participantes e imitadores dos pecados dos pais.
     De igual modo, Deus não irá abençoar os filhos dos fiéis simplesmente por serem seus filhos, antes, fará que se tornem participantes e imitadores da fidelidade dos pais. As maldiçoes bíblicas que aparecem no Antigo Testamente recaem sobre todos aqueles que não desfrutam da comunhão com Deus(Dt 27.11-25; Ml 2.2). Os justos (os crentes fiéis), todavia, que são abençoados por Deus, não podem ser...
amaldiçoados (Nm 23.8,23; Pv 3.33; 26.2; Rm 8.33,34; 1Jo 5.18).
     Ao mesmo tempo que a Bíblia previne sobre as conseguenciais, também ensina (e faz isso claramente) sobre a responsabilidade de cada indivíduo. Todos nascemos pecadores, ou seja, sob o domínio do pecado (do pecado original). Mas cada um de nós é responsável pelos pecados que comete e presará constas de seus atoso a Deus(Jr 31.29-30; Ez 18.20; Rm 6.6-7; 1Co 5.7; Gl 3.13; Cl 2.14,15).

Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste