Ficar ou não Ficar, eis a questão.

Ficar torna-se pecado quando você foge dos propósitos de Deus para com sua vontade sobre tua vida. O termo está ligado ao gerúndio, ou seja, atos continuativos ou uma ação simultânea a outra, ou para exprimir a ideia de progressão indefinida. Contudo é fato que as escrituras não falam a respeito do ato de ficar. O que podemos encontrar por aí são pontos de vista de pessoas que costumam ler a bíblia ou que gostam de falar mal dos outros.

Acontece que naquele tempo, o mais remotos, um homem e
uma mulher quando se gostavam, se conheciam, se juntavam... acredito que surgiam alguns beijos, na maioria dos casos não, mas quando essa aproximação acontecia era porque tinham intenção de se casarem. E o casamento era selado com o ato sexual. Este é o verdadeiro casamento aos olhos do Deus Vivo de Israel. Repetindo, o verdadeiro casamento para Deus não são as cerimônias, mas o ato sexual. É aí que duas pessoas se juntam e viram uma só carne:

Gênesis 2. 24: “Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne.

O que Deus uniu, o homem não separe”
(Marcos 10.1-12)


A questão do “ficar” Só pode ser entendida de forma subentendida, ou seja, você precisa ler textos das escrituras que tratam do assunto sobre casamentos, antes dos casamentos, sexo, fornicação e alguns outros. Não existe, portanto, nenhum texto da bíblia que referencie o assunto em questão. Se alguém disser que existe, estarão inventando e criando mais heresias.

Todos esses parâmetros não abrem portas para você sair ficando com todo mundo. O que você precisa ter é propósito no coração de obedecer a Deus naquilo que ele instituiu para homem e mulher e para a família que estes vão construir. Não é fato de ficar que você estará pecando, mas a simples vontade de está com uma pessoa para satisfazer a vontade de está com ela. Não estou falando de sexo, ainda, mas, apenas o sentimento de está com aquela pessoa naquele momento e, depois, mais tarde, ou amanhã está com outra.

Então como posso entender que ficar pode ser pecado(o “pode ser” não quer dizer que seja, mas que pode “se tornar a ser”)?

Vamos analisar alguns textos:

Fugi da fornicação. Qualquer outro pecado que o homem comete é fora do corpo, mas o impuro peca contra seu próprio corpo." ( I Cor 6,18)

Vamos lá, neste sentido fornicar é:


            - Praticar relações de teor sexual sem estar casado;

Sair ficando com quem se quer ficar pode te levar a fornicação, ou seja, a praticar atos sexuais antes do tempo. Também tem a libido, que é a  energia através da qual o instinto sexual se expressa, que você acaba liberando quando você está com uma pessoa, podendo praticar o sexo sem penetração, por causa da vontade que, dependendo, não tem como segurar.

Veja um outro texto que trata de uma  maneira mais global:

"Os que vivem segundo a carne não podem agradar a Deus. Vós, porém,não viveis segundo a carne, mas segundo o Espírito, se realmente o espírito de Deus habita em vós. Se alguém não possui o Espírito de Cristo este não é dele." (Romanos 8,8-9)
 "Revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e não façais caso da carne nem lhe satisfaçais aos apetites." (Romanos 13,14)

Esse texto já explica, muito, o que precisamos entender. Apenas satisfação do corpo com o “ficar” não vai agradar a Deus porque será a vontade da carne que estará falando. Sair para uma balada, baile, forró, qualquer coisa do tipo, e ficar com todos que tiver vontade, lógico, óbvio que isso não terá aprovação do Deus Vivo. Mas vamos tomar por base uma pessoa que serve a Deus e é membro de uma igreja. Essa pessoa, às vezes, conhece alguém e fica com essa pessoa durante uma semana, por exemplo, mas não teve a intenção de, simplesmente, ficar com essa tal pessoa por tão pouco tempo. Ela não estará pecando por isso. Mas se ela fizer algo que leve a pensamentos impuros, sim.

Vejamos um outro texto:

Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu.
Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se.


1 Coríntios 7:8-9


O apóstolo Paulo indica o leito conjugal como única forma de evitar-se o relacionamento ilegítimo, seja usado o termo fornicação, impureza ou prostituição. Ou seja: para que não cometam impurezas sexuais, casem-se. Mais adiante (v. 9) ele arremata: “Se não podem conter-se, casem-se; porque é melhor casar do que ficar ardendo em desejos [abrasar-se]”. Então, a única forma de darmos curso aos desejos sexuais é no matrimônio:

“Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula, pois aos devassos [os que se dão à prostituição] e adúlteros Deus os julgará” (Hb 13.4). Logo, se os namorados não se sentem seguros na guarda da virgindade; se não há como conter os impulsos sexuais, melhor será que se casem.

Em várias versões o versículo está assim: “Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se” (1 Co 7.9).


Portanto, o significado de abrasar-se é esse mesmo, isto é, ficar remoendo desejos incontroláveis que podem – e quase sempre o faz – levar à prática da fornicação. Abrasar-se significa queimar-se; abrasar é queimar, ficar igual a brasa, aceso. Na situação de “abrasado”, o domínio sai do controle do espírito. A carne, ou seja, a natureza de pecado, assume o controle da situação. Nesse caso, falece o “domínio próprio” como fruto do Espírito (Gl 5.22). Precisamos ser vitoriosos nessa luta. Veja a Palavra:

“Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis” (Gl 5.17).


Existem outras passagens que tratam do assunto. Mas você entendeu quando se fala em ficar, precisamos ler textos e textos para nós subentendermos o que aquela passagem pode querer dizer para o assunto de ficar ou não.

Portanto, ficar com uma pessoa aqui, outra lá; outro dia sair com uma depois com outra e assim satisfazer a vontade da carne sem dar atenção a vontade de Deus, isso as escrituras condenam. Mas querer conhecer uma pessoa, se beijarem e depois de 1 mês não terem mais nada, não, isso não é pecado. Por isso é bom escolhermos alguém com precisão.
Quer escolher alguém? Escolha alguém que trate a mãe e o pai com muito respeito e obediência, pois será da mesma forma que vai te tratar com marido ou mulher.


Por: Carlos Oliveira


Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.